Todos devemos economizar mais: A economia da ética da poupança

Como na externalidade da oferta de trabalho, no entanto, existem benefícios adicionais decorrentes da decisão de poupança. Conforme observado, a economia, medida pelo valor total do produto, torna-se maior pelo tamanho do incremento do valor refletido no produto líquido do investimento de capital que o ato inicial de poupar torna possível. Certamente, as fontes adicionais disponíveis para gastos, tanto em bens de consumo quanto em capital, no segundo ano devem vir da pessoa que primeiro poupa e depois recebe esse retorno líquido. Mas essa pessoa, no segundo ano, é capaz de retornar ao gasto ou ao fluxo de capital, ou ambos, US$ 1,05, que se torna a demanda por bens e serviços produzidos na economia. E uma economia que é maior, mesmo que em cinco centavos, é capaz de explorar mais plenamente as vantagens da especialização no uso de recursos. Coloque um dólar de poupança adicional junto com outros que refletem decisões semelhantes por parte de muitas pessoas, e uma tecnologia em algum lugar à margem da viabilidade econômica pode ser empurrada para além do limite da capacidade de sobrevivência.

O que é Escolha Pública?

Escolha Pública é frequentemente referenciada como uma escola do pensamento econômico. Na verdade, é mais próxima de uma vertente da ciência política. Ela não tenta explicar como a economia funciona. Ao invés disso, a Escolha Pública usa os métodos e ferramentas da economia para explorar como a política e o governo funcionam. É uma abordagem que produz alguns insights surpreendentes, e levanta questionamentos estimulantes – tais como, quão eficiente, efetivo e realmente legítimo o processo político realmente é.

A lógica amarga da escolha pública

Frequentemente, economistas e cientistas sociais, e certamente o público em geral, encobrem as questões espinhosas da economia pública em uma sociedade democrática. A suposição de que existe um vínculo estreito entre o público e a comunidade política, e que uma determinada engrenagem está em vigor e operando corretamente para garantir esse vínculo estreito, simplesmente não é precisa.

Lucros Políticos – Rent-Seeking

Rent-seeking é a tentativa, por grupos particulares (de interesse), de conseguir persuadir governantes a lhes conceder esses tipos de monopólios valiosos ou privilégios legais. Se a sua tentativa é bem sucedida, tais benefícios podem resultar em uma transferência de renda significativa da população para estes grupos privilegiados. Os consumidores e os contribuintes perdem, financeiramente, como resultado dos preços de monopólio, mas também perdem em termos de opções reduzidas e baixa qualidade dos produtos que precisarão suportar.