O legado da Grécia Antiga para a liberdade: A justiça como uma coisa corriqueira

Devemos fazer qualquer coisa de que pudermos nos safar, e a justiça que se dane? (26/27)

O legado da Grécia Antiga para a liberdade: Os prós e contras da justiça

Diversas visões sobre a justiça foram adotadas pelos sofistas – ou ao menos atribuídas a eles. (25/27)

O legado da Grécia Antiga para a liberdade: O desafio dos sofistas

A maior parte do que se sabe sobre os sofistas vem de seus adversários. Quem, de fato, eram eles? (24/27)

O legado da Grécia Antiga para a liberdade: Tucídides e os deuses de Melos

O historiador pinta um retrato nuançado de Atenas e contrasta suas políticas doméstica e externa. (23/27)

O legado da Grécia Antiga para a liberdade: Tucídides e a linguagem do poder

História da Guerra do Peloponeso de Tucídides se debruça sobre eventos políticos sem romanceá-los. (22/27)

O legado da Grécia Antiga para a liberdade: Heródoto e o caminho de Otanes

Os escritos desse historiador sobre as Guerras Greco-pérsicas contêm insights sobre o pensamento político grego. (21/27)

O legado da Grécia Antiga para a liberdade: A divina comédia de Aristófanes

O dramaturgo explorou a relação entre os gregos e seus deuses. As pessoas são piedosas só para evitar a má sorte? Talvez para receber alguma dádiva? (20/27)

O legado da Grécia Antiga para a liberdade: Ideias econômicas em Aristófanes

O dramaturgo debatia sobre tópicos econômicos com frequência, algumas vezes colocando argumentos na boca de seus personagens, em outras, mostrando diferentes sistemas econômicos possíveis. (19/27)

O legado da Grécia Antiga para a liberdade: O flerte de Aristófanes com o feminismo

Em Lisístrata, As mulheres na Assembleia e As Tesmoforiantes, o dramaturgo antecipou alguns aspectos da convicção moderna na igualdade entre sexos. (18/27)

O legado da Grécia Antiga para a liberdade: Aristófanes contra a guerra

Oposição ao conflito armado era um tema recorrente nas peças desse dramaturgo, especialmente Os Acarnianos e Lisístrata. (17/27)